BlogPrecatórioVenda de precatórios municipais de São Paulo

Venda de precatórios municipais de São Paulo

Venda de precatórios municipais de São PauloVocê é credor de precatório municipal. E espera há anos que seu município pague e não vê nada acontecer. Você até foi na prefeitura saber o prazo de pagamento e porque não cumpriram o prazo e ainda sai sem nenhuma explicação. Ou pior ainda, vê seu nome cair na fila por conta de precatórios que tem prioridades de idade e doença. Você pode vender seu precatório e não ter que passar por todas as provações e incertezas de obter crédito.

Embora o pagamento de todos os precatórios alimentares esteja previsto para 2024, esta data já foi 2020. E antes, 2016. E antes, 2010. Então vender pode ser uma boa opção. Mas quem compra seu Precatório Municipal? A Addebitare vai te contar!

Precatórios Muncipais

O precatório municipal oscila da mesma forma que o estadual. A maior diferença aqui é que a maioria dos municípios tem precatórios “não vendáveis”.

Além das variáveis analisadas da mesma forma que o precatório estadual. Outro fator entra em jogo. A economia municipal. O valor nominal, o ano de validade, a possibilidade de acordo também é muito importante. Mas como a grande maioria dos municípios brasileiros é deficitária, ou seja, suas receitas são menores que suas despesas, isso afeta muito o mercado. Existem vários relatos que confirmam isso. Isso diz que um terço dos municípios não pode pagar salários. Mais de 70% dos municípios dependem de transferências para mais de 80% de suas receitas

Consequentemente, se sua ordem judicial vier de um desses municípios, fica muito mais difícil negociar. Quanto à jurisdição da capital brasileira, não há esse problema. Estes são ativos líquidos, assim como as ordens judiciais do governo incluindo ofertas semelhantes.

Mas, em geral, o valor oferecido aos precatórios municipais é inferior ao de outros precatórios, justamente pelo fator econômico. Mas ainda tem muita gente interessada. Vamos ver quem são eles?

Advogados

Os advogados são um dos maiores compradores neste mercado. Consequentemente, nós os distinguimos da lista de indivíduos. Muitas vezes, eles compram pequenas quantias de conhecidos quando ficam sabendo da disposição de pagamento do município. Em municípios menores, eles são quase os únicos compradores. Os advogados que compram esses precatórios são, em sua maioria, proprietários de escritórios e possuem ampla experiência na área. Então costumam comprar precatórios. Estes se concentram em valores menores e há um limite máximo de precatórios que são comprados porque não têm uma capacidade de compra tão grande.

Gestoras de Ativos – ASSETS

As gestoras de ativos, (como a XP parceira da Addebitare) compram quase todos os tipos de precatórios. Em via de regra, quando compram precatórios estaduais, compram também os municipais. Para os precatorios estaduais, a taxa é cerca de 4 a 10 vezes maior. Este não é, portanto, o principal objetivo desses gestores. E quando compram, são mais precatórios de Capital e com maior valor. Mas, como mencionado anteriormente, há um interesse em causas coletivas cujo valor exceda seu mínimo investimento. Na região preferencial, ao contrário dos estados federados, o foco é mais na região sudeste, principalmente na cidade de São Paulo, onde se concentra a maior parte dos municípios com pouca dependência dos governos federal e estadual.

Pessoa física

Esse tipo de negociação ainda é muito recente. Assim, são formados, em sua maioria, por pessoas que já atuaram na área como advogados. Eles compram ações de conhecidos ou mesmo do credor que figuram, embora isso não seja bem-vindo pela OAB. Ao fazer isso, eles investem pouco e compram boas oportunidades, em vez de procurá-las ativamente.

Empresas endividadas

Venda de precatórios municipais de São PauloÉ um dos maiores compradores de precatórios municipais. Empresas que devem impostos, como ISS ou IPTU, podem compensar esse adiantamento. Além disso, outro uso é a compra para aumentar o capital da empresa. Isso permite que pequenas empresas participem de licitações que tenham esse pré-requisito.

A compensação de impostos é muito comum em grandes cidades com várias manufaturas ou grandes empresas. Pequenos municípios dependem de ter um grande comércio ou indústria para conseguir pagar os precatórios. Assim como acontece com as ordens judiciais estaduais e federais, a maioria das empresas opta por remunerar a ordem judicial em parcelas. Este, embora pouco atraente, ainda tem uma taxa de retribuição melhor do que a maioria dos municípios.

Addebitare

A Addebitare compra precatórios municipais. Sempre analisamos os precatórios para te dar as melhores ofertas!

Somos uma empresa especializada em compra de precatórios e de ativos judiciais, sempre focados na melhor proposta para você, nós contamos com profissionais que possuem mais de uma década com ampla e reconhecida experiência em suas respectivas áreas.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos no maior cartão postal de São Paulo!

Localizados estrategicamente na Avenida Paulista, 2421, desfrutamos de uma posição privilegiada no coração de uma das regiões mais prestigiadas da cidade.

Av Paulista 2421, 5º Andar, Bela Vista, São Paulo - SP

Receba uma proposta sem compromisso:

Addebitare Capital S.A CNPJ -42.476.570/0001-00

Todos os direitos reservados

This is a staging environment