BlogPrecatório GeralCuidados com o contrato de compra e venda de precatório

Cuidados com o contrato de compra e venda de precatório

Vender um precatório é uma ótima maneira de receber dinheiro imediatamente. No entanto, é importante tomar alguns cuidados para garantir que a transação ocorra da forma correta e segura. A Addebitare levantou algumas dicas que você deve seguir para obter o melhor resultado ao vender seu precatório.

Precatório e motivos para vende-lo

Precatório é uma ordem de pagamento emitida pelo governo depois de um julgamento judicial. Se o governo não pagar o valor devido à vista, o credor pode exigir o acerto de contas através desse crédito.

Vender um precatório é perfeitamente legal e pode ser uma boa opção para quem precisa de dinheiro rápido. Além disso, pode ajudar a reduzir riscos, custos de advocacia e impostos, e também pode ser vista como um investimento, proporcionando um retorno financeiro significativo.

Confira abaixo algumas dicas da Addebitare que podem ajudar você a realizar uma boa venda de precatórios:

Somente venda seu precatório à vista

Cuidados com o contrato de compra e venda de precatório

Ao vender precatórios, é importante respeitar as leis em vigor e adotar medidas eficazes para garantir a segurança dos negócios. Uma das formas mais seguras de se vender precatórios é aceitar apenas venda à vista e no momento da assinatura do contrato.

Ao vender precatórios à vista, o vendedor garante que receberá o pagamento imediato e que não precisará esperar por um pagamento em atraso ou em parcelas. Isso garante a segurança do negócio para o vendedor, pois ele não haverá risco de não receber o pagamento.

Conheça o comprador do seu título

Vender precatórios é uma tarefa desafiadora, pois é necessário entender para quem eles estão sendo vendidos. Existem vários tipos de compradores de precatórios, cada um com suas próprias necessidades e objetivos. É importante ter em mente que cada comprador tem seus objetivos específicos ao comprar precatórios.

Os compradores de precatórios mais comuns são empresas especializadas em compras de ativos judiciais como a Addebitare.

Além de investidores, outros compradores de precatórios incluem bancos, que podem adquirir precatórios para cobrir prejuízos de clientes, ou para investir em precatórios como forma de diversificar seus investimentos.

É importante entender quem são os compradores de precatórios antes de iniciar o processo de venda. Isso permitirá que os vendedores entendam melhor as necessidades de seus compradores e forneçam precatórios que atendam às expectativas deles.

Converse com quem já vendeu

Cuidados com o contrato de compra e venda de precatório

Pedir indicações para quem já vendeu precatórios é uma forma de obter informações sobre como funciona o processo de venda de precatórios. Este tipo de informação é importante para quem está considerando vender precatórios, pois pode dar-lhe uma visão mais detalhada sobre o processo.

Para obter as melhores indicações, procure pessoas que tenham experiência de venda de precatórios e que possam fornecer informações detalhadas sobre como realizar a transação com segurança.

Por fim, é importante tomar precauções ao vender precatórios para garantir que você esteja cumprindo todos os requisitos legais. Consulte a Addebitare ou seu advogado para obter mais informações sobre como gerenciar esse tipo de transação de forma segura.

Fuja da modalidade empréstimo

Os precatórios são títulos emitidos pelo Poder Judiciário ao credor, que representam débitos devidos pelo Estado ou por entes públicos. Por este motivo, os precatórios são considerados como uma forma de investimento segura, pois o Estado tem o dever de pagá-los.

Muitas pessoas optam por usar precatórios como garantia para obter empréstimos financeiros, pois esses títulos têm valor e podem ser usados para obter um empréstimo.

No entanto, é importante destacar que não é recomendável “vender” os precatórios na modalidade de empréstimo. Isso porque, ao fazer isso, o credor perderá o direito ao recebimento dos valores a que tem direito, e correrá o risco de não ter como cobrar o empréstimo de volta.

Leia o contrato atentamente

Ficar atento aos detalhes do contrato de venda do precatório é essencial. O contrato é um documento legal que especifica as obrigações do vendedor e do comprador. O contrato pode incluir cláusulas sobre o preço, as datas de entrega e pagamento, o tempo de validade, as condições de pagamento e outros termos importantes. É importante que os detalhes do contrato sejam claros e precisos para evitar problemas futuros.

É importante também que o comprador entenda todas as informações contidas no contrato. O comprador deve ler cuidadosamente o contrato antes de assinar e verificar se não há nenhuma cláusula que possa causar problemas futuros. O comprador também deve garantir que todas as informações contidas no contrato são verdadeiras e corretas.

Ficar atento aos detalhes do contrato de venda do precatório é essencial para garantir que o acordo seja feito de forma segura o comprador deve certificar-se de que o precatório está sendo vendido de acordo com todas as leis e regulamentações aplicáveis.

Ao seguir essas dicas, você estará mais preparado para realizar uma venda segura e vantajosa de seu precatório.

Se ainda ficou com dúvidas fale com a Addebitare, temos uma equipe especializada pronta para te ajudar.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos no maior cartão postal de São Paulo!

Localizados estrategicamente na Avenida Paulista, 2421, desfrutamos de uma posição privilegiada no coração de uma das regiões mais prestigiadas da cidade.

Av Paulista 2421, 5º Andar, Bela Vista, São Paulo - SP

Receba uma proposta sem compromisso:

Addebitare Capital S.A CNPJ -42.476.570/0001-00

Todos os direitos reservados

This is a staging environment