BlogPrecatório GeralCompra e venda de precatório

Compra e venda de precatório

Adquirir e vender um Precatório é um processo legal, apoiado pelo Art. 100, § 13 da Constituição Federal, que garante o recebimento antecipado de forma legal e segura dos precatórios.

A lei permite que o credor “dê a totalidade ou parte de seus créditos judiciais a um terceiro” e receba uma contraprestação justa e imediata pela venda.

Esta é uma situação boa para ambos os lados. Qualquer pessoa que venda o processo pode já ter em conta um valor que pode levar anos para receber e ainda por cima, em parcelas. E quem compra tem a oportunidade de investir dinheiro e obter lucro.

Agora, é claro que você tem todos os motivos para duvidar dessa negociação.

Em qualquer caso, o credor pode recusar a venda. Mas se você decidir vender, como serão as negociações? 

Para responder a esta pergunta, você precisa considerar suas prioridades. Toda transação financeira traz lucro de um lado, mas perde do outro. Não é diferente com a venda de precatórios.

Vale lembrar que a atribuição do crédito judicial proporciona um desconto. Isso significa que há um deságio no valor da sentença para tornar a transação mais atrativa aos investidores. Então, no final, quem vende a ação recebe apenas uma porcentagem do que o juiz decidir. Não todo o dinheiro.

Por outro lado, o valor cai na conta em poucos dias úteis. Assim, você não precisa esperar incontáveis ​​meses para obter a tão esperada compensação. E como todos sabemos, a justiça no Brasil sofre com a morosidade. Algumas ações duram anos. E o credor não vê a cor do dinheiro.

Assim, se você tem pressa para receber as quantias, vender o precatório pode ser uma excelente alternativa, mesmo com desconto. Apenas tome cuidado para chegar a uma quantia justa.

ENTÃO, O QUE É DESÁGIO?

Existem várias definições do conceito de deságio. Em princípio, no mercado financeiro trata-se de adquirir um título por um valor inferior ao seu preço nominal.

Isso porque diferentes valores são oferecidos para uma determinada faixa de preço, mencionando seu suposto valor. No entanto, os mercados são voláteis e cada negociação pode ser alta ou baixa.

Assim, ao investir em um título por um valor inferior à sua definição nominal, a aquisição teve um deságio. No entanto, existe outra definição aplicável para este conceito. Neste caso, representa a depreciação de uma determinada mercadoria em relação ao seu valor de mercado.

Para investidores e pessoas físicas que compram um título nessas condições, há a vantagem de receber um desconto. Por outro lado, os proprietários deste produto podem sofrer um prejuízo pois a venda foi concluída a um preço inferior ao preço nominal.

Enfim, o deságio é um dos conceitos fundamentais que impulsionam os mercados financeiros. Isso porque esse conceito existe em diversos setores financeiros como:

– Investimento;

– Negociação de ações;

– Taxa de câmbio;

– Ofertas no mercado.

O deságio também pode se referir a descontos associados a determinados produtos, assim como a desvalorização. Por isso, é importante que as pessoas que atuam nessa área entendam o que isso significa e como isso interfere na oscilação das finanças.

Enquanto isso, o deságio atua como uma importante ferramenta para garantir lucros para quem investe e negocia. Afinal, existe a possibilidade de adquirir um título com valor inferior ao seu valor.

Por isso, esse conceito é importante para quem busca diversas vantagens de aquisição ou mesmo para quem quer reduzir a perda de vendas.

ENTENDA A RELAÇÃO ENTRE DESÁGIO E PRECATÓRIO

A condição de desconto pode parecer não estar relacionada aos precatórios, mas ambos os conceitos têm uma conexão direta. Afinal o precatório é um título que o credor tem a receber de um órgão público que como dito acima, pode levar anos para ser pago, ou, pode até mesmo ser pago de forma parcelada.

Como o direito de preferência é um direito creditório, o beneficiário também pode optar por alternativas como a venda de seu título. Nesse caso, uma empresa especializada como a Addebitare adianta a operação e permite que o credor venda seu adiantamento.

No entanto, esta negociação geralmente ocorre a um valor inferior ao valor do título. Sendo assim, o investidor ou outro interessado compra o documento por um preço menor.

Assim, esta operação constitui um investimento de deságio, onde existe um desconto na compra do subtítulo e uma desvalorização por parte de quem efetuou a venda.

Essa opção permite que o credor consiga o dinheiro mais rapidamente, enquanto o investidor, por exemplo, compra um produto com valorização e correção monetária, mas no longo prazo.

O conceito de desconto se aplica a esta transação. Isso ajuda a entender a diferença entre o preço de venda e o preço normal de um título.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos no maior cartão postal de São Paulo!

Localizados estrategicamente na Avenida Paulista, 2421, desfrutamos de uma posição privilegiada no coração de uma das regiões mais prestigiadas da cidade.

Av Paulista 2421, 5º Andar, Bela Vista, São Paulo - SP

Receba uma proposta sem compromisso:

Addebitare Capital S.A CNPJ -42.476.570/0001-00

Todos os direitos reservados

This is a staging environment